Leituras

Organização

Cotidiano

E março foi assim…

E março foi assim…

Oi, como estão as coisas por aí?

Nunca imaginei que março seria assim. Basicamente iniciei o mês animada e na expectativa de uma prova que iria fazer. Nem imaginava que de um momento para o outro as coisas simplesmente mudariam de cenário. Acredito que ninguém imaginaria não é mesmo.

É a primeira vez na vida que estou fazendo home Office. Não nego que os primeiros dois dias foram bons. Mas hoje peço a Deus todos os dias para que essa situação comece a regredir e que nós comecemos a poder ter contato novamente. Imagino com toda a certeza que a vida nunca mais será a mesma depois disso. E que o nosso senso de normalidade com toda certeza será modificado.

Nesse mês tive alguns estágios. O da busca incessante por notícias. E depois, que é como estou agora, da agonia em ouvir as palavras “corona” e “quarentena”. Meu feed foi invadido hora por dicas de como aproveitar esse tempo, hora com notícias das mais alarmantes possíveis. Em resposta simplesmente dei um tempo. É tanta coisa que tira a nossa paz que eu realmente só quero ficar sã na medida do possível. É tanta notícia e coisas que tiram a nossa paz e nos indignam que simplesmente acho que o melhor nesse momento é se manter distante, mas sem deixar de tomar cuidado.

Abril começa de uma forma tímida, mas desejo que nesse mês as coisas melhorem. Desejo que quem esteja doente melhore e possa ir para casa. Que nosso medo diminua e possamos respirar aliviados. É um desejo surreal, mas esperançoso que vai contra a toda a projeção que está sendo feita. Mas quero manter o otimismo e a fé.

PS: por aqui continuamos sem metade da casa, mas seguimos aguentando. A foto da postagem de hoje é bem real, meu cantinho não está dos mais bonitos, mas é quentinho e confortável e é isso o que importa.

E mais uma vez, fiquem bem, se cuidem e cuidem das pessoas que vocês amam, e que possamos sair melhores depois desses tempos.

Abraços

Quem está sumida sempre aparece.

Quem está sumida sempre aparece.

ler artigo
Resumo do mês de novembro

Resumo do mês de novembro

ler artigo
A vida nos últimos tempos…

A vida nos últimos tempos…

ler artigo
Setembro foi assim…

Setembro foi assim…

ler artigo

Comente este post!

  • Gleydson | Acampamento da Leitura

    Opa, tudo bem por aí?

    Deus queira que Abril seja melhor… Março realmente foi estranho, muitas coisas que eu gostaria de fazer também não pude, por causa dessa pandemia. Não vejo a hora de tudo voltar ao normal, é o que eu mais quero. Que tudo melhore pra você também!

    Abraços!
    Acampamento da Leitura

    responder
    • Ava

      Obrigada Gleydson.
      Espero que tudo volte ao mínimo de normalidade logo.
      bjus

      responder
  • Rafaela Ribeiro

    Logo tudo isso vai passar! Desejo saúde e leveza pros teus dias! ♥

    responder
  • Gábi

    Pois é, ninguém imaginava que 2020 seria assim! Já passamos da quinzena de abril e as coisas não melhorara ainda, mas vamos ter fé pra que logo tudo isso fique apenas na lembrança do começo de 2020!

    Beijos!
    Gábi

    responder
    • Ava

      Verdade Gabi. Espero que possamos sair melhores depois disso, e que logo as coisas possam voltar ao mínimo de normalidade.
      bjus

      responder
  • Kelen de Oliveira Vasconcelos

    Oi Amiga,
    Amei o post, é isso msm. Esta quarentena está cheia de fases eu já passei por várias e provavelmente ainda teremos mais… O mais importante é que tudo se resolva e que possamos voltar a respirar sem medo, como vc mesma disse ^^
    Bjos
    http://www.kelenvasconcelos.com.br/

    responder
    • Ava

      Verdade amiga, espero que passe e que as coisas sejam melhores.
      bjus

      responder
  • Rodrigo

    Olá Ava!
    Esse período de isolamento tem apresentado diversos desafios para as pessoas. O importante, como tudo na vida, é a forma como encaramos e se conseguimos tirar proveito disso.
    Em escala global o planeta tem um respiro do movimento incessante da humanidade, enquanto as pessoas são forçadas a refletir sobre a vida e sobre si mesmas. Nem todas encaram isso numa boa. Após esse período o mundo será diferente, creio que as pessoas terão uma nova visão sobre a vida.
    Belos dias pela frente!
    Abraço

    responder