Menu
Escrevendo

Pensamentos e um pouco de café…

Uma coisa interessante sobre os Dramas Coreanos é a infinidade de histórias que são apresentadas. Desde as mais clichês com enredos bem previsíveis, até aqueles bem elaborados que dão um nó na sua cabeça até chegar ao ápice da história. A verdade é que eu sempre gostei de histórias diferentes e que fogem do convencional e que por suas particularidades encantam. Acho que por isso passei a gostar tanto das produções coreanas, porque de alguma forma algumas histórias me incentivam a sair da minha zona de conforto, me inspiram, e me fazem ter outros tipos de interesses, ou apenas lembrar daqueles aspectos que amo.

Esses dias assisti a um drama cujo personagem principal era designer, com especialidade na criação de cenários e que tinha uma paixão enorme em criar ambientes e torna-los o mais belo possível. Na história esse amor o manteve vivo nos momentos mais obscuros de sua vida, sendo um dos poucos objetivos que lhe restaram. Assistir esse drama me fez imaginar um leque enorme de possibilidades, e também como a paixão por algo pode nos manter vivos em meio as adversidades, além de nos manter sempre com objetivos a serem alcançados.

Divagando um pouco além, é engraçado como me envolvo com as histórias que leio e assisto. E por causa do enredo do drama comecei a me perguntar se seria possível viver de uma paixão e se eu teria a força necessária para segui-la sem medo. Ainda não tenho uma resposta para isso, mas ao longo do caminho vou coletando pequenas referências daquilo que ouço, leio e assisto, para quem sabe um dia poder responder com sinceridade.

De uns tempos pra cá tenho refletido muito sobre isso, nem tudo se resume a cifrões. Bem-estar, alegria e satisfação com aquilo que se produz acabam valendo muito mais a pena a longo prazo. É um cálculo simples de se fazer, apesar que a princípio pode acabar gerando um pouco de medo. Pesar na balança aquilo que realmente traz paz, mesmo que a princípio os retornos financeiros não sejam dos mais invejáveis, é sempre a melhor escolha. Confundimos muito a busca pela felicidade com segurança financeira. Isso é apenas um detalhe, pois a satisfação por ser fazer algo que se ama, e conseguir viver disso deve ser inexplicável.

Mesmo com a atual tendência do mundo voltada para certas atividades, penso que o melhor e olhar para o nosso íntimo e podermos responder com sinceridade o que realmente queremos. Como queremos viver? O que gostaríamos de fazer? O que nos traz satisfação? O que posso fazer para alcançar isso? Perguntas simples e complexas ao mesmo tempo, que variam muito em tempo de resposta dependendo da pessoa. Tudo a seu tempo. Como sempre me falam, não se meça pela régua dos outros, você tem sua própria trilha, só continue e não desista.

Curioso como uma simples história acabou me fazendo refletir em tantas coisas. É apenas ficção, mas não significa que ela não pode me ensinar algo, não é mesmo? Mesmo com seus elementos fantasiosos a sempre um fundo de verdade.

Mas por hoje chega de divagações (hehe) e me falem o que vocês pensam a respeito de trabalhar com alguma atividade que para vocês é apenas um hobby.

Forte abraço.

About Author

Apenas uma garota que gosta de ficar aos fins de semana em casa, rodeada por doces e um pouco de calmaria. Gosta de musicas lentas e que acalmam a alma, mas de vez em quando aprecia o ritmo acelerado das músicas agitadas. Tem a cachorra mais louca do mundo, e a família perfeita pra ela. Resumindo, uma garota comum, como qualquer outra...

15 Comments

  • Adeeh Mello - BLOG ♥
    18/02/2020 at 9:50 pm

    Tu acredita que eu nunca fui de ver dramas coreanos? Na verdade eu literalmente nunca vi um, eu não sei se é falta de interesse, e até quando planejo ver eu esqueço, hehe! Tenho uns amigos que falam muito sobre eles, aliás tem inúmeros na Netflix. Ok! Eu prometo ver alguns esse ano, alguns não, pelo menos um kkk’. Mas enfim… Ai eu adorei esse novo lay adorei mesmo, é teu, você que faz? ♥
    Amei tudo! ♥
    http://www.adeehmello.com/

    Reply
    • Ava
      04/03/2020 at 4:47 pm

      Adeeh,
      Eu comprei de um site bem legal chamado Solopine, e só faço asa edições por cima. A logo foi eu que fiz, mas o theme base, eu compro pronto só edit e deixo do jeitoque eu quero.
      bjus.

      Reply
  • Camila Faria
    20/02/2020 at 2:50 pm

    Oi Ava, eu adoro como uma obra de ficção pode abrir a nossa mente para tantos pensamentos, tantas ideias novas, tanta reflexão. Eu também sou muito assim: quando uma obra me marca (seja ela um livro, um filme, uma série) eu passo muito tempo pensando sobre ela e sobre como ela se reflete na minha vida. Gostoso demais. 🙂

    Reply
    • Ava
      04/03/2020 at 6:48 pm

      Verdade Camila. De certa forma até nos ajuda a olhar pras coisas de forma diferente.
      bjus

      Reply
  • Claudia Hi
    21/02/2020 at 10:55 am

    Oi Ava! Que interessante, quando eu fiz o curso de design de games, a minha ideia era trabalhar com criação de cenários. Achava fascinante! rs

    Eu sou super a favor de ter hobbies. Atividades que a gente faz só por prazer mesmo e não espera nada em troca. Não é pra ganhar dinheiro, pra ficar mais saudável, não é pelo outro. Mas simplesmente fazer porque a gente gosta. Ou porque a alma pede.

    Bom final de semana e ótimo feriado!

    Reply
    • Ava
      04/03/2020 at 6:57 pm

      Hobbys são quase que uma forma de sair um pouco da nossa rotina e até um pouquinho do nosso mundo, e aproveitar um tempo só nosso, fazendo algo que gostamos né?
      bjus

      Reply
  • Larissa Santos
    25/02/2020 at 11:19 pm

    Opa, fiquei curiosa com relação ao nome desse dorama aí, hein rsrs
    Eu também gosto muito das produções asiáticas mesmo muitas delas sendo bem clichês. Mas não só quando as assisto, como quando leio também, me pego refletindo sobre a vida e minha mente voa para bem longe e quando percebo, estou em outro lugar e em outra vida. Quanto ao trabalho, quando é algo que gostamos a ponto de se tornar um hobby, poder lucrar com isso se torna algo ainda mais gostoso e satisfatório.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    Reply
    • Ava
      05/03/2020 at 8:09 am

      Verdade Larissa, acho que continua sendo um trabalho, mas a satisfação com aquilo que se está fazendo faz tudo valer a pena.
      bjus

      Reply
  • Heloisa Godioso
    27/02/2020 at 11:17 am

    Uau, que reflexão…
    Acho que isso da paz/segurança financeira é muito relativo e varia muito de pessoa pra pessoa. No meu caso, sou capricorniana bem pé no chão então uma parte da minha paz está totalmente e diretamente relacionada com a estabilidade financeira. Mas é claro que isso não é tudo… com certeza a gente tem que encontrar alegria e satisfação no que fazemos, senão de nada adianta. Esse é um equilíbrio difícil pra carambaaaa, por isso sempre falo que considero muito sortudas as pessoas que ganham muito bem fazendo o que amam… geralmente acaba pesando mais pra um lado só. Complexidades da vida…

    Reply
  • Stephanie Ferreira
    27/02/2020 at 5:42 pm

    Se um dia a gente tiver a oportunidade de se encontrar posso contar como eu faço que eu amo e larguei o que fazia por dinheiro. É fácil? Não é. Eu trabalho muito mais, mas troquei ambição por felicidade. Troquei de estado por amor e não deu certo do jeito que imaginei mas deu certo, se é que faz sentido. É uma longa história que realmente merece uma tarde com café!
    Beijão

    Reply
  • Maria Eduarda | Lumusiando
    28/02/2020 at 11:53 am

    Olá!
    Sua reflexão me deu tanto sobre o que pensar que eu nem sei o que escrever, posso dizer apenas que eu amei e que sua reflexão foi muito válida. Obrigada por compartilhar.

    Beijão!
    Lumusiando

    Reply
  • Kaila Garcia
    01/03/2020 at 6:26 pm

    Eu amo quando uma história cria tantas reflexões, a gente fica pensativa e reflete sobre muitas coisas que estão acontecendo, tanto na nossa vida, como no mundo mesmo. Sempre vira lição! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    Reply
  • Wanessa de Almeida
    02/03/2020 at 10:01 am

    acredito que tudo que fazemos e nos deixa feliz, realizados e motivados é o que importa. Adorei sua mensagem, faz a gente refletir a respeito dos nossos sonhos.
    bjs http://www.diadebrilho.com

    Reply
  • Rodrigo
    02/03/2020 at 7:44 pm

    Oii Ava! Sempre bom vir aqui 🙂
    Reflexão muito importante a sua. Concordo com a ideia que temos que buscar aquilo que nos faz bem, do que adianta correr atrás de conquistas materiais para ser feliz (um dia) se enquanto você faz isso você não é feliz? Essa tal felicidade e a garantia de segurança que buscamos é mera ilusão que nos agarramos para não nos arriscarmos.
    Com bom senso e uma dose de confiança naquilo que sentimos conseguimos encontrar um caminho melhor.
    Ótima semana !!
    Grande abraço!

    Reply
  • Lizzie
    03/03/2020 at 11:38 am

    Miga me conte, qual o nome do drama que você assistiu? Quero ver também ♥
    Dramas Sul-coreanos são maravilhosos e sim, eles nos ajudam a sair de nossas zonas de confortos. Graças à eles eu sai bastante da minha zona de conforto e tenho, de certa forma, me tornado uma pessoa bem melhor que do que era.

    Reply

Leave a Reply