Apenas Ava
Games

Nova Geração de consoles e minha relação com os videogames.

2020, apesar de todas as loucuras, está sendo um ano de mudança de geração no mundo dos consoles(Vídeo Games). Para quem está por fora e não acompanha esse universo, a atual geração de consoles (XBOX One e PS4) durou 7 anos, e agora em novembro teremos de certa forma um grande avanço nesse universo. Particularmente estou muito animada com essa mudança de geração por ser uma pessoa que realmente gosta dessa forma de entretenimento, e na postagem de hoje queria compartilhar com vocês um pouco da minha relação com os vídeos games e também com os jogos.

Eu ganhei meu primeiro videogame no natal de 1998 e foi um Super Nintendo. Naquele ano, esse foi o único presente que eu e meu irmão ganhamos. Tínhamos acabado de mudar de cidade e meus pais queriam nos dar algo especial. E foi por meio do SNE que embarcamos no mundo dos games. Foram pelo menos uns 6 anos com esse console me divertindo horrores com muitos jogos, com uma observação especial aos jogos do Mário, Donkey kong, Top Gear, Mortal Kombat e Campeonato Brasileiro.

Depois do “SNE” fiquei alguns anos sem vídeo game. Não porque não quisesse ter novamente, mas porque simplesmente não dava para investir em algo assim a época. Ficava na vontade de ter novamente, mas entendia que haviam coisas mais importantes naquele momento.

Com 17 anos tive meu primeiro computador e a partir desse momento descobri o mundo dos jogos de PC. Voltei a jogar The Sims(como vocês bem souberam por essa postagem aqui), um de meus jogos favoritos, além de outros joguinhos. Mas, alguns anos depois, meu irmão comprou um Playstation 2, e para ser bem sincera meus amigos, joguei mais jogos emulados do SNE nele do que os jogos da própria Sony, mas pra não me resumir a apenas jogos antigos, também zerei a trilogia Crash Bandicoot. Foi um tempo legal, em que eu jogava sempre que queria dar uma desestressada dos trabalhos da faculdade, e tenho boas lembranças desses tempos.

Entretanto, o tempo com o PS2 passou, e depois eu fiquei apenas jogando casualmente no PC quando dava, mas o interesse em ter um console novamente nunca deixou de existir. Por isso, em 2015 comecei a pesquisar opções de consoles, depois que o irmão da minha cunhada nos emprestou o Xbox 360 dele, e também foi por causa disso que comecei  a acompanhar canais especializados em games.

Confesso que me senti inicialmente perdida. Eu tinha consciência da evolução dos jogos, tanto no quesito história, jogabilidade e gráficos, porém nada me preparou praquela mudança toda. Ao contrário do que a maioria pensa, jogos de vídeo game não são um passa tempo exclusivo da infância; a indústria cresceu e se desenvolveu, bem como seus consumidores, e nesse universo há uma infinidade de possibilidades, para uma infinidade de gostos e também faixa etária.

Então, depois de uma pesquisa sobre jogos e os benefícios de cada plataforma (no caso Xbox e Playstation), e também depois de assistir uma gameplay inicial do jogo Ori and The blind Forest e na época saber que a sequência de Tomb Raider 2013 era exclusiva de XBOX temporariamente, optei por adquirir um XBOX One, e tenho minha caixinha até hoje.

Voltar a esse universo foi magnífico. Redescobri um hobby que me era tão querido, e que de certa forma sentia falta, foi simplesmente ótimo. E hoje, depois de alguns anos com meu Xbox, estou me preparando para essa nova geração que está chegando com muitas inovações na forma de se jogar vídeo game. Pretendo migrar para o Xbox Series, só não sei se vou adquirir o S ou o X, pois os preços não estão amigos, e vou aguardar uma redução mais significativa(não tá dando pra esbanjar nesses tempos). A minha sorte é que a Microsoft tem uma política, a meu ver, mais pró consumidor, ao oferecer serviços como o gamepass, que é tipo uma netflix de jogos, além de seus jogos terem preços mais camaradas, e de toda a retrocompatibilidade com os consoles anteriores.

Não sei se vocês já tiveram ou tem um vídeo game, ou mantém algum hábito da infância/adolescência, mas de minha parte digo que é um hobby realmente bom de se manter(mesmo sendo um tanto caro, mas sempre há meios de se economizar, garanto). Sei que há um grande preconceito dentro de todo esse universo, mas deixando isso um pouco de lado, o universo dos games me permitiu conhecer pessoas muito legais e trocar experiências, pois jogar não é uma atividade apenas individual. É possível interagir e se divertir como se estivéssemos fazendo qualquer outra coisa. Chega a ser engraçado e surpreendente para algumas pessoas o fato de que eu gosto de jogar vídeo game. E é um daqueles passa tempos que divertem, que me permitiram conhecer pessoas incríveis, e ainda me ajudam e muito nos dias mais estressantes

Enfim, termino aqui o pequeno relato da minha não tão grande experiência, e também uma sugestão: resgate algo que você amava muito quando jovem, um hobby, especialmente para os momentos mais estressantes. Acho que 2020 nos mostrou que a vida precisar ser vivida com mais leveza, pois o mundo externo já é tenso o suficiente, e resgatar esses pequenos momentos de satisfação, realmente vai vale e muito a pena.

Forte abraço e bem vinda nova geração de consoles!

 

You Might Also Like...

19 Comments

  • Reply
    Váh
    10/11/2020 at 10:22 am

    Eu sou uma pessoal totalmente leiga no assunto jogos HAHAHAHAH
    Joguei muitooo pouco e nunca foi algo que me interessei. Lembro que quando eu era pequena meus irmãos tinham o Nintendo e eu super pedia pra jogar, mas eles não me deixavam, acho que foi aí que já perdi o interesse sobre games e tals hahaha.
    Mas acho bem legal quem gosta assim como você, é um mundo a parte né? Dahora hehe 🙂

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    • Reply
      Ava
      16/11/2020 at 9:56 am

      Poxa Vah, seu irmão eram muito maus. é um mundo bem legal, se você morasse perto de mim ia te chamar pra jogar. haha
      bjus

  • Reply
    Vanessa
    10/11/2020 at 2:10 pm

    Oi.
    Que nostalgia, não tive videogame porque era muito caro e meus pais nunca puderam comprar, depois que comecei a trabalhar isso já não era a frebre do momento e quando eu queria e podia ia na casa do meu primo jogar lá com ele ou com minha prima rs
    Muito bom né, e vale muito a pena relembrar e ter essa leveza nesse tempo tão conturbado.

    Hábitos de infância que tenho até hoje é desenhar e pintar. E adquiri também crochê, vagonite e outras atividades artesanais que amo.
    Beijos.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    • Reply
      Ava
      16/11/2020 at 10:22 am

      Oi Vanessa!
      Manter alguns hábitos da infância é bem legal mesmo, e acho que isso meio que se intensificou nesses tempos de pandemia né?
      Menina eu desenho, mas nunca consegui fazer crochê, já entendi que sou uma negação, e deixei pra lá kkkk
      bjus

  • Reply
    Liz Karoline
    10/11/2020 at 6:21 pm

    Ava, apesar de atualmente não jogar nadica de nada, também já tive um Super Nintendo e amavaaaa (Mário principalmente e um do Speedy Gonzalez, o ligeirinho)! é interessante você falar sobre essa questão do preconceito e do quanto isso te faz bem, porque tenho amigos que amam e eu nunca entendi “como a pessoa desse tamanho…” haha… a gente às vezes é besta, né? Falando em resgatar hobbies antigos, morro de vontade de voltar a ler gibis, sei que mangás estão muito em alta hoje em dia mas nunca investi nisso. Acho que vou pensar mais sobre…

    Abraços ♥

    • Reply
      Ava
      16/11/2020 at 10:47 am

      Liz, é super compreensivo, porque no nosso imaginário, ainda tem muito aquela relação do vídeo game com a infância, mas a indústria é tão grande quanto a do cinema, e hoje cerca de uns 90% dos jogos são pro público adulto, porque realmente é bem pesado algumas temáticas abordadas.
      E volte sim a ler gibis. A Panini inclusive faz umas assinaturas bem bacanas, acho que vale a pena você dar uma conferida.
      bjus

  • Reply
    Tayane Ribeiro
    11/11/2020 at 2:02 am

    Amei o post. Eu nunca tive um videogame na infância e depois de grande nunca me interessei por esse universo. O máximo de jogo que eu chegava perto era o Just dance e Guittar hero rs
    É totalmente impressionante como foi a evolução do mercado, gráficos e tudo mais.
    beijos

    • Reply
      Ava
      16/11/2020 at 11:18 am

      Sim Tayane, é incrível mesmo como evoluiu.
      bjus

  • Reply
    Carol Sweet
    11/11/2020 at 2:05 pm

    O Super Nintendo era um clássico, gosto até hoje e tenho alguns jogos aqui no meu computador. Sinto falta do Play 1, porque tinha Crash e eu adorava o Crash Corrida. O play 2 eu joguei metal slug e sinto saudades também, mas também consegui jogar por computador. O restante eu não tive, mas meu namorado tem um XBOX e eu sempre aproveito para jogar com ele <3. Adoro!
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Fan Page

    • Reply
      Ava
      16/11/2020 at 11:31 am

      É bom de mais né Carol? Também curtia os jogos de Kart também, fazíamos competição lá em casa hahah era muito bom.
      bjus

  • Reply
    Gabi Ramalho
    12/11/2020 at 5:23 pm

    o único videogame que eu tive na vida foi o super nintendo também – inclusive ainda temos ele na caixa com várias fitas, mas a fonte não funciona 🙁 depois disso, nunca mais me interessei por esse universo, sabe? eu tenho o emulador SNES no meu note, mas eu jogo tipo uma vez no ano só. por conta disso também não entendo absolutamente nada de geração de video games e consoles e tudo mais hahaha

    pra não dizer que eu não jogo nada, eu jogo candy crush. conta? hauhaua

    • Reply
      Ava
      16/11/2020 at 11:33 am

      Claro que serve Carol hahaha!
      Menina, meu sonho era ainda ter meu SNES, por isso guarde essa relíquia. No mercado livro volta e meia tem uma galera que vende fonte, quem sabe você não ressuscita o bixim,
      bjus

  • Reply
    Emerson
    12/11/2020 at 6:10 pm

    Já perdi as contas do tanto de tempo que não jogo videogame. Mas joguei Atari, Super Nintendo e Playstation, apesar de nunca ter um.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    • Reply
      Ava
      16/11/2020 at 11:34 am

      Nossa Emerson, mas é super normal isso hehe
      E infelizmente esse é um hobby que se tornou bem caro nos últimos anos.
      Abraços.

  • Reply
    Carol Daixum
    13/11/2020 at 11:35 pm

    Como eu amava o Mario Kart. Ano passado, eu joguei algumas vezes com a família do meu namorado (que ama esse universo também). Foi bem divertido! É diferente da infância, mas tão incrível quanto. Aqui em casa, a gente tem XBox, mas não jogamos com tanta frequência. Ah! Com a pandemia, voltei a ficar viciada em jogo de buraco (no cel hahaha) e a gente tá quase comprando outros de tabuleiro. É tão divertido, né? Resgatar essas brincadeiras, que independe da idade. Amei o post e as fotos. ♥

    Beijos, Carol
    http://www.pequenajornalista.com

    • Reply
      Ava
      16/11/2020 at 11:38 am

      Sim Carol, dá uma leveza pra esses dias.
      Menina, acredita que não sei jogar buraco, quero aprender haha
      bjus

  • Reply
    Claudia Hi
    14/11/2020 at 11:02 am

    Oi Amanda/Ava (percebi que não sei como te chamar haha).

    Nossa eu ando muito perdida no mundo dos games. Meu último console foi um x-box (mas quase não usei). Tenho instalado no meu computador o Age Of Empires II e o The Sims. E faz um tempão que não jogo por achar que é perda de tempo (eu deveria estar fazendo algo mais útil) e porque certos games me estressam muito (eu adorava jogar Tomb Raider, mas ficava MUITO nervosa).

    Mas gostei do que você falou sobre resgatar algum hobby da adolescência ou infância. Acho super válido. Muitas vezes a gente pode se redescobrir e reencontrar nossas paixões né?

    • Reply
      Ava
      16/11/2020 at 11:40 am

      Pode me chamar de ambos Claudia hahah
      E sim Claudia, é muito bom. Eu já tive esse conflito de achar que estava perdendo tempo, mas assim como a gente separa um tempinho pra um filme, e uma série, ou uma leitura, encaro os jogos dessa forma. É perigoso quando você deixa de fazer algo que você deva pra ficar jogando, mas pra mim é um entretenimento, assim como os outros, e separo um tempinho pra dar uma desestressada.
      bjus

  • Reply
    Kelen Vasconcelos
    17/11/2020 at 5:50 pm

    Oi amiga!
    Ahhhhhhhhhhhhhhhh a nova geração *-* está deixando os ânimos de todos bem tensos kkkkkkkkkkk
    Estou ansiosa pelo novo PS5 e principalmente pelos novos jogos. Espero conseguir o meu no ano que vem.
    E não se esqueça que continuaremos a jogar TOGETHER ^^
    Bjos
    https://www.kelenvasconcelos.com.br/

Leave a Reply