Menu
Escrevendo

Motivação e um pouco de como andam as coisas…

Há algum tempo tenho me sentido bem desorganizada. Antes dizia que o motivo era porque estava sem quarto, e de fato era parte do motivo, mas depois que consegui ter novamente meu espaço, percebi que esse não era apenas o motivo. Eu tenho andado desmotivada e isso tem me atrapalhado de muitas formas. Seja na organização do trabalho, seja na organização para o blog ou para a vida mesmo.

Tentar encontrar o ponto central da desmotivação não é fácil. Às vezes, como bem percebi, não é apenas um único motivo, mas a soma de vários fatores. Nesse último fim de semana, pra tentar me animar ou motivar, resolvi fazer outra faxina no meu quarto e organizar novamente as coisas, destralhar basicamente, e até certo ponto esse pequeno ato foi bem significativo e me ajudou a ter um pouco mais de ânimo.

No entanto, mais uma vez percebi que tenho muita coisa parada e pela metade. Coisas que decidi começar e que mal saíram do lugar. Planos e projetos que ficaram só no papel. Uma estante cheia de livros não lidos, que ficaram encostados e esquecidos durante anos; e mais uma  vez senti a angústia de ter tantas coisas estacionadas. Não queria ser assim, não queria ser essa pessoa, mas acabei vindo parar aqui.

Depois de toda uma reorganização no quarto percebi que me cobro de mais, e que muitas vezes eu sou a minha pior inimiga. Que espero de mim algo que talvez nesse momento seja inalcançável. Quero tantas coisas, mas ao mesmo tempo não parei para olhar para as minhas próprias necessidades e para os pequenos sinais que minha própria vida tem me dado. E também não percebi o valor que tenho, e acredito que isso tenha afetado a minha motivação para tudo.

Então, depois dessa faxina, de tirar mais algumas coisas, e reorganizar outras, tive uma ideia. Preciso fazer com que as coisas andem, se movimentem e sigam seu curso. Encontrar a motivação de que tanto preciso. Preciso ler os livros não lidos e esquecidos; preciso olhar para cada linha de plano e projeto traçado e deixá-lo ter um fim prematuro para que outros venham ou movimentá-lo para a realização. Apenas sentar e constatar que estou estacionada não vai me ajudar em nada. Então resolvi de pouquinho em pouquinho fazer a roda girar.

Algo que me ajudou muito também foi acompanhar uma série de postagens de uma youtuber que conheci ano passado, mas que só comecei a acompanhar de fato esse ano. O nome dela é Ana Lídia Lopes e ela têm feito uma série de postagens sobre auto-estima que me fez refletir sobre muitos aspectos da minha personalidade, e a tentar mudar certas coisas, e é bem provável que as postagens dela tenham me ajudado a chegar até aquele momento de reflexão após a faxina. Curioso, não acham?

Depois de tudo isso, vou seguindo. Uma das primeiras coisas que decidi foi começar a ler os livros encostados. Andei lendo muita coisa esses tempos de quarentena, mas quero pegar os meus livros esquecidos e dar uma chance a eles. Coloquei até dois no meu banquinho de cabeceira, e vou lendo aos pouquinhos de noite, até eu conseguir zerar essa quantidade enorme de livros não lidos. Sei que levará anos, mas pelo menos um dia acaba. Outra coisa que vou fazer também é concluir alguns cursos começados e tentar organizar uma rotina nova de estudos. Ir voltando, e aos poucos encontrar a motivação perdida. Enfim, a postagem já está enorme e começando a ficar confusa. Espero que todos continuem bem. E se estiverem um pouco desmotivados, recomendo uma boa faxina, tanto física como de espírito, elas realmente ajudam.

Forte abraço.

Sobre quem escreve

Amanda Valéria de Almeida, ou Apenas AVA é uma garota que gosta de ficar aos fins de semana em casa, rodeada por doces e um pouco de calmaria. Gosta de musicas lentas e que acalmam a alma, mas de vez em quando aprecia o ritmo acelerado das músicas agitadas. Tem a cachorra mais louca do mundo, e a família perfeita pra ela. Resumindo, uma garota comum, como qualquer outra...

19 Comments

  • Claudia Hi
    23/06/2020 at 12:02 pm

    Ava eu não sei o que acontece, mas sempre que leio suas postagens eu sinto que você escreveu exclusivamente pra mim haha

    Eu ando pensando MUITO sobre auto estima. Tenho até falado com a minha terapeuta sobre isso. Estamos tentando trabalhar esse meu lado, porque eu acho que sou como você: sou a minha pior inimiga. Me cobro demais e parece que eu nunca me valorizo.

    Já vou dar uma conferida no canal que você indicou.

    Obrigada por escrever pensando em mim haha

    Reply
    • Ava
      03/07/2020 at 3:27 pm

      Oi claudia,
      fico muito feliz em saber que você se identifica com o que escrevo. Trabalhar a autoestima faz um bem danado, e acho que ajuda até mesmo na forma como nos enxergamos.
      E obrigada por gostar do que escrevo, isso me deixa muito feliz.
      bjus

      Reply
  • Leslie Leite
    24/06/2020 at 12:13 pm

    Eu poderia ter escrito esse texto, haha. Ontem mesmo estava pensando em alguns projetos que pararam no meio e minha procrastinação que anda tendo um grande impacto na minha vida, desorganizando tudo. Em um primeiro momento, resolvi mudar minha rotina, começando a acordar mais cedo para sentir que tive dias mais satisfatórios . E realmente, uma boa faxina nos ajuda a colocar as coisas no lugar, tanto físicamente, quanto mentalmente.
    E não esqueça de nos trazer resenhas dos livros que anda lendo 😉
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    Reply
    • Ava
      03/07/2020 at 4:03 pm

      Pode deixar Leslie, que trago sim. E com certeza faxinar ajudou muito a clariar um pouco e sigo trabalhando na minha motivação.
      bjus flor.

      Reply
  • Wanessa de Almeida
    24/06/2020 at 12:22 pm

    Eu fiz faxina nas minhas gavetas no meu guarda roupa, doei bastante coisa.
    Me sinto mais leve fazendo isso. Mas, tenho me sentindo procrastinadora esses dias sem ânimo pra renovar isso. Por enquanto, vou curtir cada etapa e não me cobrar, já q a minha ansiedade anda a mil.
    bjs http://www.diadebrilho.com

    Reply
    • Ava
      03/07/2020 at 4:05 pm

      Também me sinto mais leve quando faço isso Wanessa. e siga seu tempo, como dizem, tudo no seu tempo, e até mesmo respeitar esse momentos da gente é importante.
      bjus

      Reply
  • Carol Daixum
    24/06/2020 at 3:21 pm

    Faxina é sempre bom. Seja no quarto ou dentro da gente, né? E eu mega te entendo, também me cobro bastante. Isso por um lado é bom, mas pelo outro, a gente acaba se martirizando. Vai aos poucos, no seu ritmo. Leia um livro, mas se ver que não está rolando, deixa separadinho para doar. Anota o que tem que sair do lugar no papel e vai tentando riscar as metas aos poucos! E descansa também, têm dias que nada flui mesmo. Enfim, são coisas que tento fazer, mas nem sempre funcionam. Espero que fique bem! 🙂

    Beijos, Carol
    http://www.pequenajornalista.com

    Reply
    • Ava
      03/07/2020 at 4:07 pm

      Obrigada Carol. Tenho tentado fazer justamente isso, e tem me ajudado.
      bjus

      Reply
  • Rafaela Ribeiro
    24/06/2020 at 10:48 pm

    Nada como uma faxina pra colocar as ideias no lugar, não é mesmo? Desejo que sua leitura flua e que suas ideias saiam do papel! Um beijo e se cuida! <3

    Reply
    • Ava
      03/07/2020 at 4:07 pm

      Obrigada Rafaela.
      bjus

      Reply
  • Rodrigo
    27/06/2020 at 10:14 am

    Olá Ava!
    A faxina tem o poder de colocar as coisas em seus devidos lugares e clarear o ambiente para que possamos ver melhor as coisas. A mente às vezes também pede uma faxina, para tirarmos aquilo que só está só poluindo a mente e poder enxergar as coisas que realmente estão ali influenciando a gente.
    Se você percebe muitas coisas que poderia estar fazendo e se sente mal por achar que não está produzindo, indo em frente, nesse momento. O melhor é listar as coisas que deseja fazer e a cada período determinado de tempo se prontificar a fazer algo. Depois vá riscando o que já fez, logo você perceberá que você estará produzindo e alcançando objetivos a que se propõe 🙂
    Ótimo fim de semana!
    Abraços

    Reply
    • Ava
      03/07/2020 at 4:22 pm

      Obrigada pela dica Rodrigo. Estou tentando colocar em prática.
      bjus,

      Reply
  • Aninha
    28/06/2020 at 5:01 pm

    Parece que a quarentena tem nos feito cobrado demais né, Amanda? Eu imagino que deve ser porque está sendo um momento onde estamos muito mais presentes com nós mesmos, e passamos a notar as inconsistências, nossas confusões, as desmotivações… como se não tivéssemos opção a não ser olhar para dentro de nós. E assim notamos a bagunça que estava, rs. A faxina nos ajuda a clarear a mente, colocar as coisas no lugar. Que mantenhamos nossa faxina em dia ♥

    Reply
    • Ava
      03/07/2020 at 4:40 pm

      Verdade Aninha, essa quarentena nos forçou a olhar para nós mesmos. Mas vamos seguindo.
      bjus

      Reply
  • Taís
    29/06/2020 at 6:04 pm

    Oi Ava! Realmente, nós somos os nossos piores criticos e fazemos coisas com a gente que não fariamos com os outros. Podemos ser bem crueis com nós mesmos e nos colocar no fundo do poço. Estamos vivendo tempos muito difícil e estranhos, e vem vários sentimentos que a gente nem sabe direito de onde estao vindo, vários questoes acumuladas… e precisamos também nos respeitar e não exigir da gente algo que no momento tá complicado. É bom sim a gente se manter motivado e não deixar a coisa toda nos consumir, mas sempre nos respeitando e sendo gentis com nós mesmas, ainda mais nesse momento tão delicado que estamos vivendo.
    Espero que você fique bem também! Sempre bom fazer essas faxinas externas e internas.
    Tenha uma otima semana :*

    Reply
    • Ava
      03/07/2020 at 4:41 pm

      Obrigada Taís. Vamos seguindo nesses tempos estranhos na esperança de que acabe. e apesar da loucura, tem sido um tempo bom pro auto conhecimento e melhoria pessoal.
      bjus fique bem também.

      Reply
  • Vanessa
    30/06/2020 at 10:35 am

    Olá!
    É normal as vezes se perder para se encontrar. Também não é fácil achar o que está te incomodando ou te deixando desanimada mas, sei que se você terminar todas as coisas que começou e ler essa estante de livros que está aí parada já vai te animar muito. Cria um cronograma e se force a começar lendo 1 capítulo por dia.

    Também preciso concluir dois cursos que comecei, o de espanhol eu sempre penso em voltar mas, nunca volto e acho importante porque era algo que sempre sonhei e que de alguma forma me faz muito bem.

    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    Reply
    • Ava
      03/07/2020 at 4:43 pm

      Obrigada pela dica Vanessa. Tô tentando fazer justamente isso. Se Deus quiser consigo. Espero que você também consiga concluir seu curso.
      bjus

      Reply
  • K.
    06/07/2020 at 3:04 pm

    posso dizer que me colocar em movimento (especialmente faxinando e organizando coisas) tem me salvado nessa quarentena. eu me identifiquei muito com o que disse no post, também sou ótima em acumular projetos nunca iniciados e livros não lidos. é bom fazer essa reavaliação na vida, tirar o peso dessas coisinhas que ficaram empacadas. tanto para dar andamento com o que ainda faz sentido pra gente, quanto pra desapegar com o que não condiz mais com o que nos tornamos e com nossos interesses, né? (nesse último caso, ter voltado a postar coisas pra desapego no enjoei me ajudou muito! hhahahaha)

    Reply

Leave a Reply